"Valeu a pena atravessar a floresta cheia de fantasmas, perigos e papões"

"Nos últimos dias o telefone não pára. Os jornais querem detalhes sobre a sua vida. Os colegas são contactados para revelarem alguma coisa que alimente a curiosidade. Também há quem queira simplesmente agradecer-lhe pelo que fez há dias quando, perante uma multidão de personalidades públicas, jornalistas e câmaras, fez saber que era homossexual e defendeu que duas pessoas do mesmo sexo têm de poder casar-se se quiserem fazê-lo. Ela, Ana Zanatti, nunca se sentiu atraída pelo casamento. Mas o que está em causa, diz, é uma questão de princípio.
Na apresentação do Movimento pela Igualdade no acesso ao casamento civil, no cinema São Jorge, em Lisboa, Zanatti fez algo que não é muito comum. O movimento foi lançado com o apoio de quase mil figuras públicas. Mas não há muitas, em Portugal, que assumam publicamente a sua homossexualidade. Ela assumiu."


Introdução da entrevista que Ana Zanatti deu ao Público e que pode ser lida na íntegra aqui.

2 comentários:

Héliocoptero disse...

Não sei se é da minha ligação ou se é um problema maior, mas aviso que o endereço para subscrever o manifesto não está a funcionar.

Shyznogud disse...

Aparentemente há um problema no servidor onde está alojada a petição. Esperemos q a situação se resolva depressa. Thanks pelo aviso